Notícia

O James Bond do Nordeste

Macaé tem repassado todas as informações do Treze
COMPARTILHE

Zé Carlos Macaé tem vivido dias dignos de 007 na Ilha do Retiro. O lateral-esquerdo do Sport trabalha como “espião” repassando para a comissão técnica e jogadores do Sport informações sobre o último adversário da equipe na fase de grupos do módulo amarelo do Brasileiro.

Depois de amanhã, o Leão pega o Treze, em casa, na busca pelo título do returno da chave D. Macaé jogou muitos anos em Campina Grande e conhece as artimanhas dos paraibanos no extra-campo. “Estão empolgados porque chegaram aos seis pontos. Mas essa festa vai acabar”, disse o jogador.

O Treze vem repetindo seguidas provocações, ainda sonhando com o título do segundo turno para chegar às semifinais. “É uma tática que não vai dar certo. Vamos atuar dentro do mesmo esquema e não vamos nos abrir para facilitar os ataques dos adversários”, avisou o volante Rogério.

A torcida adversária promete marcar presença na Ilha. Somente a torcida organizada Tocha Alvinegra, já garantiu ao menos cinco ônibus.

O Sport lidera o returno com sete pontos no grupo D, seguido pelo próprio Treze e pelo Bangu, com seis. Os dois rivais ainda fazem dois jogos na etapa. O Leão só faz mais um. Por isso é importante garanti a vitória.

Mascote Rafa
Rafa (@rafa_de_leao)

Alô, turma da fuzarca! Bem-vindos a 1987. Sou Rafa, jornalista e rubro-negro. Minha missão aqui do passado é relatar em "tempo real", pra vocês que estão 30 anos na frente, a saga do Sport rumo ao título mais comemorado em linha reta da história do futebol. Viverei aqueles seis meses que terminaram em fevereiro de 1988 com Carnaval na Ilha do Retiro e taça das bolinhas na mão. As notícias, fotos e depoimentos são reais e têm como fonte os textos publicados pelo Jornal do Commercio na época. Foram reeditados e serão liberados dia a dia no especial obedecendo as datas das edições como se 87 fosse agora. Acompanhe a cobertura aqui e no twitter @rafa_de_leao. PST!