A HISTÓRIA EM 11 ATOS

1914, a estréia

O Brasil entrou em campo pela primeira vez no dia 21 de julho de 1914, no estádio das Laranjeiras, diante do Exeter City, da 3ª divisão da Inglaterra.
Leia mais

1914, a estréia

O Brasil entrou em campo pela primeira vez no dia 21 de julho de 1914, no estádio das Laranjeiras, diante do Exeter City, da 3ª divisão da Inglaterra. A seleção foi formada por jogadores que atuavam no Rio e em São Paulo e venceu por 2x0.

1914, primeiro título

No dia 27 de setembro de 1914, o Brasil conquistou seu primeiro troféu, a Copa Rocca, torneio disputado contra a Argentina. Mesmo jogando fora de casa...
Leia mais

1914, primeiro título

No dia 27 de setembro de 1914, o Brasil conquistou seu primeiro troféu, a Copa Rocca, torneio disputado contra a Argentina. Mesmo jogando fora de casa, no campo do Gymnasia Y Esgrima, a seleção brasileira venceu por 1x0. O gol foi marcado por Rubens Salles. No retorno, a delegação foi recebida com muita festa no Rio

1917, primeiro Sul-Americano

O Sul-Americano (atual Copa América) era a grande atração até a criação da Copa do Mundo. O Brasil foi campeão pela 1ª vez em 1919, quando...
Leia mais

1917, primeiro Sul-Americano

O Sul-Americano (atual Copa América) era a grande atração até a criação da Copa do Mundo. O Brasil foi campeão pela 1ª vez em 1919, quando foi o anfitrião. Na decisão, dia 29 de maio, venceu o Uruguai por 1x0, na segunda prorrogação, gol de Friedenreich.

1930, a Copa do Mundo

Em 1930, o Uruguai organizou a 1ª Copa do Mundo, da qual seria campeão batendo a Argentina. A estreia brasileira aconteceu no dia 14 de julho.
Leia mais

1930, a Copa do Mundo

Em 1930, o Uruguai organizou a 1ª Copa do Mundo, da qual seria campeão batendo a Argentina. A estreia brasileira aconteceu no dia 14 de julho. O Brasil perdeu por 2x1 para a Iugoslávia. Preguinho foi o autor do gol Canarinho. Fausto, a “Maravilha Negra”, foi o destaque, apesar da eliminação na 1ª fase.

1950, a tragédia

O maior trauma do futebol brasileiro ocorreu em casa, no dia 16 de julho de 1950. A derrota por 2x1 para o Uruguai, na final da Copa.
Leia mais

1950, a tragédia

O maior trauma do futebol brasileiro ocorreu em casa, no dia 16 de julho de 1950. A derrota por 2x1 para o Uruguai, na final da Copa. O Brasil abriu o placar com Friaça. Mas Schiaffino e Gigghia calaram os mais de 173 mil pagantes.

1958, é campeão

Oito anos depois, veio a redenção: Brasil 5x2 Suécia. No dia 29 de junho de 1958, o escrete Canarinho finalmente faturava a Copa do Mundo.
Leia mais

1958, é campeão

Oito anos depois, veio a redenção: Brasil 5x2 Suécia. No dia 29 de junho de 1958, o escrete Canarinho finalmente faturava a Copa do Mundo. O mundo assistia ao brilho juvenil do menino Pelé, autor de dois gols. Vavá (2) e Zagallo também marcaram no estádio Rasunda. Liedholm e Simonsson descontaram

1962, o bi

O Brasil manteve sua predominância no Chile, em 1962. O bicampeonato foi conquistado no dia 17 de junho, após vitória por 3x1...
Leia mais

1962, o bi

O Brasil manteve sua predominância no Chile, em 1962. O bicampeonato foi conquistado no dia 17 de junho, após vitória por 3x1 sobre a extinta Checoslováquia. Os europeus fizeram 1x0, mas Amarildo, Zito e Vavá viraram

1970, a taça é nossa

O time dos sonhos de Pelé, Rivellino, Gérson, Jairzinho e Tostão chegou ao ápice na Copa de 70 ao golear a Itália por 4x1...
Leia mais

1970, a taça é nossa

O time dos sonhos de Pelé, Rivellino, Gérson, Jairzinho e Tostão chegou ao ápice na Copa de 70 ao golear a Itália por 4x1, na grande final, dia 21 de junho. Foi a coroação de uma campanha fantástica. Pelé abriu o placar, Bonisegna empatou. Mas Gérson, Jairzinho e Carlos Alberto garantiram o tri em dia de espetáculo verde-amarelo

1994, é tetra

Depois de 24 anos de jejum, o Brasil voltou a soberania do futebol mundial. No dia 17 de julho de 1994, o grito de “É tetra!”...
Leia mais

1994, é tetra

Depois de 24 anos de jejum, o Brasil voltou a soberania do futebol mundial. No dia 17 de julho de 1994, o grito de “É tetra!” embalou os brasileiros. A Copa dos EUA foi obtida nos pênaltis (3x2) diante da Itália.

2002, penta fenomenal

Muitos duvidavam que ele sequer voltasse a jogar futebol. Mas contrariando todas as previsões, Ronaldo deu a volta por cima e foi...
Leia mais

2002, penta fenomenal

Muitos duvidavam que ele sequer voltasse a jogar futebol. Mas contrariando todas as previsões, Ronaldo deu a volta por cima e foi o grande protagonista do pentacampeonato em 2002. Na decisão, dia 30 de junho, o Fenômeno balançou duas vezes a rede do goleiro alemão Oliver Kahn

2005, massacre nos hermanos

Uma das melhores apresentações do Brasil no passado recente aconteceu no...
Leia mais

2005, massacre nos hermanos

Uma das melhores apresentações do Brasil no passado recente aconteceu no dia 29 de junho de 2005. Massacre por 4x1 na Argentina, em Frankfurt, e taça da Copa das Confederações garantida. Adriano (2), Kaká e R. Gaúcho marcaram os gols.