Por Amanda Rainheri

Mais do que um saldo de quatro mil e cem mortos até setembro de 2017, a violência em Pernambuco deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de abrir a janela do carro, de andar nas ruas e de utilizar o transporte público. Medo que adoece, aprisiona, muda hábitos, rotinas e a maneira de educar os filhos. Medo que limita o uso dos espaços públicos e se traduz em tentativa de driblar a insegurança para não se tornar estatística. Medo que deixa marcas. Algumas, o tempo não consegue curar.

 

4145

homicídios registrados

93851

crimes contra patrimônio

1204

assaltos a ônibus ou BRT

23831

crimes contra a mulher

1542

estupros

Expediente

12 de Novembro de 2017

Diretoria

Laurindo Ferreira
Diretor de Redação do Jornal do Commercio
Maria Luiza Borges
Diretora de Conteúdo Digital

Edição

Betânia Santana
Assistente de Edição

Conteúdo

Amanda Rainheri
Concepção e reportagens

JC Imagem

Arnaldo Carvalho
Editor Executivo
Heudes Regis
Assistente de Edição
Diego Nigro
Fotrógrafo
Guga Matos
Fotrógrafo

Edição de Vídeo

Victória Gama

Design

Bruno Falcone Stamford
Editor Executivo
Karla Tenório
Assistente de Edição
Moisés Falcão
Coordenador de Design Digital
Luciana Lobo
Design
Guilherme Castro & Bruno Carvalho
Front-end