Suécia

Sempre osso duro de roer em Copas, a Suécia chega ao Mundial da Rússia com expectativas mais modestas devido ao time sem tantos astros como no passado. Ainda assim, inspira cuidados já que tirou a vaga da Itália na Copa do Mundo. É um time conhecido mais pelo coletivo do que pelo talento.


Participações em Copas: 12ª Copa

Títulos: não tem

Em 2014: não jogou

Nas Eliminatórias: Passou na repescagem ao eliminar a Itália.

Artilheiro: Marcus Berg (8 gols)

Melhor jogador: Emil Forsberg

Ranking da Fifa: 23º

Time base: Olsen; Emil Krafth, Granqvist, Nilsson-Lindelof e Olsson; Forsberg, Ekdal, Hiljemark e Durmaz; Toivonen e Marcus Berg

Técnico: Janne Anderson

Convocados:

Goleiros: Robin Olsen (Copenhague), Karl-Johan Johnsson (Guingamp - França) e Kristoffer Nordfeldt (Swansea)

Defensores: Mikael Lustig (Celtic), Emil Krafth (Bologna), Andreas Granqvist (Krasnodar - Rússia), Victor Nilsson-Lindelof (Manchester United), Pontus Jansson (Leeds United - Inglaterra), Filip Helander (Bologna), Ludwig Augustinsson (Werder Bremen) e Martin Olsson (Swansea)

Meio-campistas: Emil Forsberg (RB Leipzig - Alemanha), Jimmy Durmaz (Toulouse), Sebastian Larsson (Hull City), Albin Ekdal (Hamburgo), Viktor Claesson (Krasnodar - Rússia), Gustav Svensson (Seattle Sounders - Estados Unidos), Oscar Hiljemark (Genoa) e Marcus Rohdén (Crotone - Itália)

Atacantes: Marcus Berg (Al Ain - Emirados Árabes), Ola Toivonen (Toulouse), John Guidetti (Alavés - Espanha) e Isaac Kiese Thelin (Waasland-Beveren - Bélgica).