Islândia

O conto de fadas das Islândia chega a seu capítulo mais importante: a Copa do Mundo. Menor país a garantir vaga em um Mundial - 102 mil quadrados e cerca de 330 mil habitantes -, a equipe da gelada ilha dos vulcões foi a sensação da última Eurocopa. Empatou com Portugal, eliminou a Inglaterra nas oitavas e parou nas quartas diante da anfitriã França. Nas Eliminatórias, outra excelente campanha, ficando em primeiro, à frente da Croácia, Ucrânia e Turquia, seleções bem mais tradicionais. O destaque é o meia Sigurdsson, que joga no Everton, da Inglaterra. A Islândia estreia contra a Argentina e depois pega Nigéria e Croácia.


Participações em Copas: estreante

Títulos: nenhum

Nas Eliminatórias: 1º do Grupo 9 (7V 1E 2D)

Artilheiro: Sigurdsson (4 gols em 10 jogos)

Ranking da Fifa: 22º

Time-base: Halldórsson; Saevarsson, Ragnar Sigurdsson, Árnason e Magnússon; Gudmundsson, Bjarnason, Hallfredsson e Gunnarsson; Sigurdsson e Bödvarsson.

Técnico: Heimir Hallgrimsson

Todos os convocados:

Goleiros: Halldórsson (Randers-DIN), Schram (Roskilde-DIN) e Rúnarsson (Nordsjaelland-DIN);

Defensores: Skúlason (Lokeren-BEL), Magnússon (Bristol-ING), Eyjólfsson (Levski Sofia-BUL, Árnason (Aerdeen-ESC), Ingason (Rostov-RUS), Ragnar Sigurdsson (Rostov-RUS), Fridjónsson (Valerenga-NOR) e Saevarsson (Valur-ISL);

Meias: Gudmundsson (Burnley-ING), Traustason (Mälmo-SUE), Gunnarsson (Cardiff-GAL), Skúlason (Karabukspor-TUR), Sigurdsson (Everton-IBG), Hallfredsson (Udinese-ITA) e Bjarnason (Aston Villa-ING);

Atacantes: Gíslason (Sandhausen-ALE), Sigurdarson (Rostov-RUS), Albert Gudmundsson (PSV-HOL), Finnbogason (Augsburg-ALE) e Bödvarsson (Reading-ING).