Austrália

A Austrália chega a Copa do Mundo sem muitas expectativas. A equipe ficou atrás de Japão e Arábia Saudita e só se classificou para o Mundial após vencer a Síria na prorrogação. Seu atual técnico, Bert van Marwijk, assumiu a equipe apenas em 2018, após o pedido de demissão de Ange Postecoglou. Além disso, o principal jogador do país, Tim Cahill, está com 38 anos e pouco atuou na temporada por conta de lesões. Assim, Mathew Leckie deverá ser a grande aposta da equipe para ir bem na Copa.


Participações em Copas: 5

Títulos: 1 Copa da Ásia (2015) e 4 Copas da Oceania (1980, 1996, 2000 e 2004)

Em 2014: não disputou

Nas Eliminatórias: 3ª colocada do Grupo B nas eliminatórias da AFC, venceu a Síria na repescagem

Artilheiro: Tim Cahill (11 gols)

Melhor jogador: Matthew Leckie

Ranking da Fifa: 40º

Time base: Ryan; Josh Risdon, Trent Sainsbury, Mark Milligan e Aziz Behich; Aaron Mooy, Massimo Luongo, Robbie Kruse e Matthew Leckie; Tom Rogic e Andrew Nabbout;

Técnico: Bert van Marwijk

Outros convocados:

Goleiros: Matthew Ryan (Brighton & Hove Albion-ING), Brad Jones (Feyenoord-HOL), Danny Vukovic (Genk-BEL)

Defensores: Milos Degenek (Yokohama Marinos-JAP), James Meredith (Millwall-ING), Matthew Jurman (Suwon Samsung Bluewings-KOR), Aziz Behich (Bursaspor-TUR), Josh Risdon (Western Sydney Wanderers-AUS), Trent Sainsbury (Grasshopper-SUI)

Meio-campistas: Mark Milligan (Al-Ahli-KSA), Aaron Mooy (Huddersfield Town-ING), Mile Jedinak (Aston Villa-ING), Massimo Luongo (Queens Park Rangers-ING), Jackson Irvine (Hull City-ING), Tom Rogic (Celtic-SCO), Dimitri Petratos (Newcastle Jets-AUS), Daniel Arzani (Melbourne City-AUS)

Atacantes: Tim Cahill (Millwall-ING), Matthew Leckie (Hertha Berlin-ALE), Tomi Juric (Luzern-SUI), Robbie Kruse (Bochum-ALE), Andrew Nabbout (Urawa Red Diamonds-JAP) e Jamie Maclaren (SV Darmstadt 98-ALE)