Grupo Pedrosa

Vencendo o preconceito no transporte

Estar entre as melhores empresas para trabalhar é uma vitória ainda maior quando se trata
do transporte público de passageiros, um setor cercado de estigma no País. Por isso o mérito do Grupo Pedrosa, proprietário das empresas São Judas Tadeu, Pedrosa e Transcol, é enorme
e deve ser aplaudido. As três, juntas, respondem, por mais de 30% da operação do Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife. O Grupo Pedrosa responde por nada menos que 2.074 funcionários.

Até o ano passado estreante, a São Judas Tadeu, que opera a ligação rodoviária entre o sul do Grande Recife, a partir do Cabo de Santo Agostinho, e a capital, foi das três empresas do grupo a que conquistou melhor colocação na edição 2017 do Great Place to Work. Ficou entre as dez melhores para se trabalhar em Pernambuco. Na sequência, estão a Pedrosa e a Transcol, que já participaram e se classificaram bem em várias outras edições do GPTW.

A São Judas Tadeu tem 61 anos de atuação no transporte público de passageiros da RMR, sendo uma das operadoras mais antigas do setor. É uma empresa de origem familiar, tendo iniciado as atividades com apenas um ônibus que realizava duas viagens por dia. Com o tempo, a operadora se mostrou um importante vetor de desenvolvimento da região sul, integrando-a ao Centro do Recife.

Já a Transcol Transportes Coletivos possui 60 anos de operação no sistema da RMR. Começou com apenas três ônibus, numa garagem sediada no bairro de Apipucos, na Zona Norte do Recife, crescendo até dispor de uma frota com 103 coletivos. Desde 2014 passou a atuar de forma consorciada com a Empresa Pedrosa e, este ano, foi adquirida, oficialmente, pelo grupo. Participa do GPTW desde 2015.

Já a Pedrosa, a empresa que deu origem ao nome do grupo de transporte, é antiga conhecida do GPTW, participando do prêmio desde 2012. Atualmente, possui uma frota de 140 veículos urbanos, operando em 19 linhas e atendendo, majoritariamente, os bairros da região norte do Recife. “É uma grande conquista ter as três empresas do Grupo Pedrosa mais uma vez entre os melhores lugares para se trabalhar. Principalmente nesse setor, onde as necessidades são muitas. É resultado da gestão aberta e próxima de nossos colaboradores que sempre desenvolvemos na Pedrosa e que, com o tempo, adotamos também na Transcol e na São Judas Tadeu”, destaca Felipe Bandeira, assessor-executivo do Grupo Pedrosa.

Antero Parahyba, diretor-executivo do grupo, destaca o estímulo que é dado à formação e capacitação profissional dos funcionários das três operadoras. E, ainda, a gestão próxima e aberta com os colaboradores. “É algo que merece ser lembrado porque nossos funcionários têm chances reais de crescer nas empresas. Prezamos muito pelas promoções internas. A maioria dos nossos supervisores e coordenadores eram cobradores e auxiliares, que foram crescendo internamente, assumindo novas funções e recebendo promoções. Essa valorização profissional é estimulante”, pontua Antero Parahyba.

Expediente

27 de Outubro de 2017

Diretor Comercial

Vladimir Melo

Produção de Conteúdo

JC360

Edição

Fernando Carvalho

Textos

Roberta Soares

Front-end

Guilherme Castro / Moisés Falcão

Projeto Gráfico

Ira Oliveira

Imagens

Divulgação

Tratamento de imagens

Alexandre Lopes