Jornal do Commercio

O francês abrasileirado

Em 5 agosto de 1946, Pierre Verger, nascido branco, renascia preto. Naquele dia, o fotógrafo francês, aventureiro e em busca de liberdade, colocou os pés em Salvador e, então, decidiu, de vez, mudar de vida. Antropólogo da imagem, com a sua fotografia em preto e branco, ele se transformou num dos principais historiadores da cultura brasileira, sobretudo a popular, e da ancestralidade africana presente no sangue do Brasil. Setenta anos depois da chegada de Verger ao País, o Jornal do Commercio lança um site especial recontando parte da história do francês abrasileirado, por meio de uma releitura fotográfica contemporânea do seu olhar em preto e branco. A história também está contada em resumo na versão impressa do JC.

Textos: Mateus Araújo / Fotos: André Nery

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Galeria de fotos